Lembre-se do mais importante.

O cronista francês Jean de La Bruyêre, observando a vida das pessoas em seu cotidiano, afirmou o seguinte: “só existem três acontecimentos para o ser humano: nascer, viver e morrer. Ele não sente o nascer, sofre ao morrer e se esquece de viver”. Há nessa afirmação uma verdade inquietante: esquecemos de viver! Pelo fato de…

Uma ideia de esperança!

Por mais que tenham nuvens negras, No céu desse momento, O amanhecer será bem claro, Com um sol estupendo, E veremos novamente, Um raiar imponente, Limpar as nuvens deste tormento! Por mais que um simples abraço, Seja agora evitado, O Amanhã será lindo, E bem mais comemorado… Será belo, simples e forte, Para que te…

Posso te dar um conselho?

Tenha uma vida simples, Com um olhar de contemplação para o dia a dia, E começarás a perceber, A beleza e a harmonia, Que vão te fortalecer. Posso te dar um conselho? Permita conhecer o seu limite, Superar todo o constrangimento… Fazendo coisas que não se imaginava, E sentir um nervoso antes do momento, Vivendo…

Fábula “A lenda da borboleta azul”

Há muitos anos, um homem ficou viúvo e assumiu total responsabilidade por suas duas filhas. Ele abraçou sua missão com dedicação e cuidou de suas filhas com amor e carinho. As meninas eram muito inteligentes e curiosas, sempre procurando novas coisas para aprender. Todos os dias, elas faziam milhares de perguntas ao pai, e apesar…

Carta ao Ano Novo!

Não me sinto bem com despedidas, Por que me trazem sentimentos, Que às vezes causam dor e tormento… E também não sei lidar com as chegadas, Pois fico inquieto e desajeitado. Mas… se tem uma coisa inevitável, E que não está mais no campo do improvável, É que mais cedo ou mais tarde eu preciso…

Por que não?!

Por momentos ficava imaginando o que poderia acontecer… e limitava-me a pensar nas coisas ruins a frente. Depois de um tempo, fui deixando as boas vibrações fluir nos meus pensamentos para entender que devia “parar de pensar no que tinha a perder e pensar no que tinha a ganhar”: viver. Por que não aceitar dançar,…

A poesia é minha libertação!

Nos momentos de serenidade ou de inquietação, Estando sóbrio ou embriagado, A poesia é ponte para a autoaceitação, Para que eu possa estar bem e sossegado. É o transbordar dos meus sentimentos, Quando verbalmente não consigo me expressar… Permitindo que eu possa viver, Em paz com meus pensamentos! Não tenho intenção de nada prever, Pois…