Fábula “Os dois videntes”.

Pressentindo que seu país, em breve, iria mergulhar numa guerra civil, o sultão chamou um dos seus melhores videntes, e perguntou-lhe quanto tempo ainda lhe restava de vida. – Meu adorado mestre, o senhor viverá o bastante para ver todos os seus filhos mortos. Num acesso de fúria, o sultão mandou imediatamente enforcar aquele que…

Construtores da paz.

Nem sempre é fácil manter a calma em certas situações, ainda mais quando julgamos ter razão. Ah…e como é difícil ser brando quando isso acontece. É justamente nesses momentos que nos enchemos de autoridade e nos afirmamos sobre os outros. Contudo, o hábito de querer vencer todas as discussões transforma-nos em gladiadores, e nossa vida…

O mundo do cinema: personalidade, conflito e perdão no filme “Dois papas”

Curiosidade. Um ímpeto natural do ser humano diante de situações ou pessoas que, por algum motivo, chamam a atenção. E obviamente, isso acontece também comigo. No final de 2019 vi muitas pessoas próximas a mim falarem bem do filme “Dois papas”, sem contar os comentários e indicações nas redes sociais. De tanto observar as repercussões…

Conteúdo também carrega ponto de vista

É frequente pessoas presumirem que conteúdo é algo neutro, objetivo, verdadeiro por si mesmo. E não é. O conteúdo na escola, e fora dela, tem uma marca de preconceito eventual, de ideologia; é marcado também pela capacidade de se olhar a partir de um ponto de vista. Por exemplo, eu fui alfabetizado em Londrina, cidade…

Fábula “Os três filtros”

Pai e Filho, na tentativa de purificar a água que utilizavam em casa, resolveram limpar o filtro que estava na cozinha. Enquanto limpava, o pai passou a explicar ao filho a importância de filtrar a água antes de bebê-la. Terminada a limpeza, fizeram o teste e o pai comentou: – Veja como a água está…

O mundo das palavras: autoconhecimento e relacionamento no livro “Verdade? – porque nem tudo o que ouvimos ou falamos é verdadeiro”

A vitória é como uma espada: ninguém se senta sobre ela. Se parar de se esforçar por se considerar vitorioso, será cortado ao meio (p. 61). As palavras têm muita força para mim, pois podem funcionar como gatilhos para ideias e ações. Muito dessa perspectiva é refletida nos textos que escrevo e em minhas atitudes…