Lembre-se do mais importante.

O cronista francês Jean de La Bruyêre, observando a vida das pessoas em seu cotidiano, afirmou o seguinte: “só existem três acontecimentos para o ser humano: nascer, viver e morrer. Ele não sente o nascer, sofre ao morrer e se esquece de viver”. Há nessa afirmação uma verdade inquietante: esquecemos de viver! Pelo fato de…

Ciclos que não se fecham…

São uma amarra para o amanhã, Um tormento para os sonhos, E um eterno lamentar… dia após dia. Ciclos que não se fecham, São assuntos inacabados, Desejos dissimulados… Vontades não saciadas, Oportunidades desperdiçadas… Por não querer passar por uma provação. A garganta trava, A insônia incomoda e é recorrente, E a inquietação começa a fazer…

O mundo das palavras: vida e convivência no livro “Viver em paz para morrer em paz – Se você não existisse, que falta faria?”

Se você não existisse, que falta faria? Bem… essa é realmente uma pergunta provocativa! Talvez você não tenha pensado em uma resposta, ou pelo menos uma resposta profunda sobre seu real significado, mas torna-se necessária a reflexão visto que nossa sociedade está se preocupando somente com coisas supérfluas. Existe resposta correta? Não sei. Mas, para…