Sob o efeito do álcool!

Mudança. Efervescência. Leveza. Ímpeto que me toma por completo, provocando um despertar de sensações que habitualmente eu não sentiria. A cada gole as vibrações fazem aumentar a coragem nunca antes vivenciada… e o êxtase que corre em minhas veias faz com que eu precise urgentemente te beijar e roçar meu corpo no seu… Respiro com…

A poesia é minha libertação!

Nos momentos de serenidade ou de inquietação, Estando sóbrio ou embriagado, A poesia é ponte para a autoaceitação, Para que eu possa estar bem e sossegado. É o transbordar dos meus sentimentos, Quando verbalmente não consigo me expressar… Permitindo que eu possa viver, Em paz com meus pensamentos! Não tenho intenção de nada prever, Pois…

Chorar é só uma forma de expressão

Quando se está sozinho e não se sabe a quem recorrer, chorar é só uma forma de expressão que possibilita diminuir o peso da solidão que machuca o coração. Quando te fazem mal, maltratando teus sentimentos e desconsiderando teu valor, chorar é só uma forma de expressão que alivia a raiva impregnada na tua alma.…

Desculpe… eu sou safado.

Não tenho como controlar, Na verdade… não tenho nem pretensão, Porque seria pecado, Tornar o simples complicado, E limitar o que está em constante expansão, Só para se adequar a qualquer regra social… Desculpe… eu sou safado. Eu cobiço sentir o sabor tão excepcional, Do tesão que escorre pela minha boca, Quando minha língua se…

O mundo do cinema: ditadura da beleza e autoestima no filme “Felicidade por um fio”

Sabe aquele assunto provocativo que todo mundo tem conhecimento mas que foi erradamente naturalizado? De tanto saber que o ser humano não deve tentar se enquadrar nos falsos padrões que a sociedade coloca como certo e belo – porque cada vez mais se fala empoderamento (especialmente o feminino)-, deixamos de lado este tipo de diálogo…

Na superficialidade não experimentamos a vida

Quanto tempo você passa conectado? Com quais pessoas você tem conversado ultimamente? Qual foi a última viagem que você fez? Existe tanta coisa para perguntar… Tanta coisa para fazer; Sorrir, chorar…cair e levantar, Extraindo cada gota de prazer, Pois da minha vida eu sou o protagonista, E não um mero passageiro. Perguntas doidas que cercam…