Ciclos que não se fecham…

São uma amarra para o amanhã, Um tormento para os sonhos, E um eterno lamentar… dia após dia. Ciclos que não se fecham, São assuntos inacabados, Desejos dissimulados… Vontades não saciadas, Oportunidades desperdiçadas… Por não querer passar por uma provação. A garganta trava, A insônia incomoda e é recorrente, E a inquietação começa a fazer…