Fábula “O camundongo e o medo”

Diz uma antiga fábula que um camundongo vivia angustiado com medo do gato. Um mágico teve pena dele e o transformou em gato. Mas aí ele ficou com medo de cão, por isso o mágico o transformou em pantera. Então ele começou a temer os caçadores. A essa altura o mágico desistiu. Transformou-o em camundongo…

Fábula “A lição do rato”

Um rato morava dentro das paredes de uma famosa fazenda. Certo dia, olhando pelo buraco de uma das paredes, vê o fazendeiro e sua esposa abrindo um pacote e logo pensou logo no tipo de comida que haveria ali. Ao descobrir que era ratoeira ficou aterrorizado. Correu ao pátio da fazenda, onde se encontrava a galinha:…

Fábula “Os sons da floresta”

No século III D.C., um rei mandou seu filho, o príncipe Tai, ir estudar no templo com o grande mestre Pan Ku. O objetivo era preparar o Príncipe, que iria suceder ao pai no trono, para ser um grande Administrador. Quando o Príncipe chegou ao templo, o Mestre logo o mandou, sozinho, à floresta. Ele…

Fábula “Eu sou bom”

Há uma “tribo” africana que tem um costume muito bonito. Quando alguém faz algo prejudicial e errado, eles levam a pessoa para o centro da aldeia, e toda a tribo vem e o rodeia. Durante dois dias, eles vão dizer ao homem todas as coisas boas que ele já fez. A tribo acredita que cada…

Fábula “O menino e o prego”

Esta é a história de um menino que tinha um mau caráter por pura falta de paciência com os outros. Um dia seu pai entregou-lhe um saco de pregos e lhe propôs que, cada vez que perdesse a paciência, ele pregasse um prego atrás da porta. No primeiro dia, o menino pregou 37 pregos atrás…

Fábula “O sonho de Svetlana”

Desde pequena Svetlana só tinha conhecido uma paixão: dançar e sonhar em ser uma Gran Ballerina do Ballet Bolshoi. Seus pais haviam desistido de lhe exigir empenho em qualquer outra atividade. Os rapazes já haviam se resignado: o coração de Svetlana tinha lugar para somente uma paixão e tudo mais era sacrificado pelo dia em…

Fábula “A samambaia e o bambu”

Um dia decidi me dar por vencido: renunciei ao meu trabalho, à minha relação e à minha vida. Fui ao bosque para falar com um ancião que, segundo diziam, era muito sábio. – Poderia me dar uma boa razão para não me dar por vencido? – perguntei. – Olhe ao seu redor, – me respondeu…