Olhar de frente para a vida.

Olhar de frente não é um exercício heroico da vontade, mas é simplesmente olhar nos olhos dos nossos atormentadores e dizer: “Muito bem. Você está aqui e eu estou aqui. Vamos conversar. Como sou grande o bastante para conter todos os sentimentos e experiências passadas, sou capaz de aceitar todas essas facetas da minha existência…