Todas as conexões ensinam

Ah, as conexões! Tem aquela que chega de mansinho, vai criando laço, devagarinho, no ritmo dela, com calmaria de brisa de fim de tarde, faz sua morada na vida. Tem a que chega feito furacão, bagunça tudo, arrepia a nuca, coloca pimenta nos lábios, calor no coração, vem para sacudir e abalar as estruturas da…

Futuro

Algumas pessoas, quando pensam no que devem fazer para construir e até proteger o futuro, têm como referência aquilo que já foi, não como o que inspira, mas como algo que aprisiona. Em outras palavras, é gente que tem âncoras, em vez de raízes. A raiz alimenta, enquanto a âncora imobiliza. A âncora faz com…

Derrapar…capotar…e se perder pelo prazer!

Certas conexões que são estabelecidas nos trazem a sensação de aventura, fazendo a adrenalina pulsar pelas veias ao jorrar desejo a cada brincadeira da imaginação. O que é imaginado funciona como uma força motriz para todo o corpo, que em alguns momentos causa dor e tristeza, noutras vezes causa êxtase, arrepios e um agradável passeio…

O mundo do cinema: romance, identidade e descobertas no filme “Você nem imagina”

“Nem toda história de amor é romance”. Muitas histórias de filmes trazem elementos que se conectam com o nosso dia a dia, envolvendo dilemas, alegrias e tristezas. Às vezes, Inesperadamente, algumas narrativas podem nos conduzir por ambientes e personagens com histórias verdadeiramente humanas, e desta forma nos prendem do início ao fim. Já aconteceu com…

Todos os erros humanos são fruto da impaciência.

Será? A paciência é uma atitude inteligente e pragmática que nos poupa uma infinidade de conflitos. Segundo o guru indiano Osho, apenas observar é a arte da paciência. Observar o que acontece à nossa volta, sem nos anteciparmos aos acontecimentos, é um sinal da consciência da paz. O Dalai-Lama afirma que “Nada é tão atraente…

O dia em que morri.

Estranho? Nem tanto. Se depois de ler esse texto você achar que ainda está vivo, ótimo! Caso contrário, é bom repensar se ainda existe algum sopro de vida aí dentro. Vou contar como tudo aconteceu.  A minha primeira parcela de morte aconteceu quando acreditei que existiam vidas mais importantes e preciosas do que a minha.…