Autenticidade com diversão é difícil imaginar?

Bobo. Não como tolo…não como fútil, mas como alguém que ao realizar alguma coisa, tempera suas ações com diversão…com leveza. Na sociedade das atividades cronometradas, precisamos enxergar o tempo como aliado e não como um elemento mortal que nos faz perder momentos belos. Teoria. Conserto. Compromisso. Aula. Trabalho. Relação. Aprendizado. Almoço. Tantos são os afazeres…

As pessoas não são substituíveis!

E nem podem ser tratadas como objetos. Pessoas não são substituíveis e como é difícil para alguns indivíduos entender essa lógica no cotidiano. Entre compromissos marcados e atividades para fazer, não temos mais paciência para uma conversar olho no olho… dificilmente deixamos recados apaixonados ou engraçados no papel… ou ainda, não queremos perder tempo numa…

Pequenos aborrecimentos…

Sair de casa e perceber que esqueceu a chave (Menos mal se você tem como entrar depois). A bicicleta quebrar bem na metade do caminho pretendido. Não passar naquela seleção de emprego que prometia grandes oportunidades. Se perder dos amigos na multidão de carnaval. Andar tão distraidamente na rua a ponto de pisar num “cocô”.…