Argumente contra o pessimismo.

Todos pensamos de maneira negativa de vez em quando. A diferença entre a pessoa essencialmente otimista e a essencialmente pessimista é que a primeira aprende a se tornar uma boa debatedora. Uma vez que você se conscientiza da eficácia do otimismo em sua vida, aprende a argumentar contra seus próprios pensamentos pessimistas. O trabalho mais…

Descubra o relaxamento ativo!!

Há uma enorme diferença entre relaxamento ativo e relaxamento passivo. Quando jogamos videogames, jogos de tabuleiro ou baralho, fazemos jardinagem, levamos o cachorro para passear ou praticamos esportes, interagimos com o inesperado, e nossas mentes estão respondendo. Todas essas atividades aumentam a criatividade pessoal e a motivação intelectual. São passatempos ativos. O relaxamento ativo renova…

Faça de conta!

Às vezes, em minhas palestras, peço às pessoas que se consideram criativas que levantem a mão. Nunca vi mais de um quarto delas se manifestando. Depois pergunto quantas eram capazes de inventar coisas quando eram crianças – nomes para suas bonecas, uma nova brincadeira ou uma história para seus pais quando não tinham coragem de…

Encontre o Einstein que existe dentro de você.

Todo ser humano tem potencial para alguma forma de genialidade. Você não precisa ser bom em matemática ou física para ter uma experiência genial em seu raciocínio. Para experimentar um nível criativo de pensamento, tudo o que precisa é usar mais a imaginação. Essa é uma recomendação difícil para adultos, porque eles se acostumaram a…

Tente ouvir interativamente

O princípio de usar a interatividade para aumentar a criatividade não se restringe a jogos de computador ou salas de bate-papo. Ao nos tornarmos plenamente conscientes desse princípio, podemos encontrar meios de ser mais interativos em qualquer situação. Podemos até deixar as conversas com familiares e amigos mais interativas do que eram antes. Muitas vezes…

Crie um histórico de realizações.

O que nos cansa não é o que fazemos. É o que não fazemos. As tarefas que nós não completamos causam mais fadiga. Durante um dos intervalos de uma palestra motivacional para funcionários de uma empresa de energia, um homem que parecia ter uns 60 anos veio falar comigo. – Meu problema é que nunca…