“O recomeço nem sempre é um lugar de conforto, mas é a prova de que você nunca se abandonou”.

Hoje é um dia, depois daqueles dias, em que tudo estava meio confuso e, aos poucos, se torna possível. É um dia, depois de tantos outros, que despertar já não é mais pesado quanto tentar dormir após horas de insônia.

Hoje é um dia que você renasce enquanto vai à padaria comprar pão. Parece tosco, mas é o caminho de volta pra casa e o balanço das folhas na árvore que te fazem lembrar que hoje é um dia que você está tentando. E se amanhã, acordar for tão difícil quanto dormir, você terá outros dias para tentar.

Só não apresse o seu corpo à isso. Não se force quando não há forças para continuar… quando sua mente está tão exausta, seus gestos tão indecisos, tudo tão embaraçoso – por dentro e por fora -, que talvez fugir da dor lhe afaste apenas de si mesma.

Hoje é um dia possível. Não que os outros não fossem e não que esses dias sejam raros, mas quando você lida com a montanha russa chamada vida, é necessário buscar alívio para que essa montanha não permaneça sempre caindo – pelo menos na nossa cabeça. Dar atenção ao que te faz cair talvez seja a única forma de se reconstruir novamente.

Como aquelas montanhas, com seus terrenos altos e baixos, seus solos férteis e outros improdutivos, alguns dias, também são assim. Há dias que nem conseguimos avistar a montanha, e há outros que existe coragem de ir além do que a nossa vista alcança.

Mas independente do dia, da hora, ou da semana, o amor e o carinho que você deposita em si mesma sempre cresce com bons frutos. E é esse amor que vai tornando os dias possíveis em mais possíveis ainda.

O recomeço nem sempre é um lugar de conforto, mas é a prova de que você nunca se abandonou.

E quando a montanha descer, quando for aqueles dias, você vai saber, que desmoronar na sua própria companhia não é ser frágil. Na verdade, é uma conquista. É se amar o suficiente para assumir o seu cansaço. Afinal, só é possível florescer por fora quando se cuida por dentro.

Não tenha pressa.

Texto de Sofia Oliveira.

Acompanhe a autora no instagram: @sofiadisse

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.