O péssimo hábito de julgar antes de perguntar.

Existe uma necessidade no ser humano,

Que hora é quieta e mascarada,

E noutras tantas é vaidosa e escancarada,

De distribuir julgamentos ao seu bel-prazer,

Aleatória ou propositalmente.

Às vezes é como um esporte…

Praticado todos os dias,

Como um exercício para manter a “boa forma”…

E vem junto com um sutil “bom dia”,

Ou com uma asquerosa observação de preconceito.

Já em outras vezes ocorre de maneira não-intencional,

Desprovido de qualquer análise prévia,

E na naturalidade que é estar nos espaços sociais.

Mas…independente da maneira como acontece,

Há um problema corriqueiro e grave: a naturalização.

A naturalização é tornar comum e sem problemas,

Julgar ao invés de perguntar,

Supor ao invés de procurar saber,

Ser agressivo ao invés de assumir uma postura pacífica.

A rotina e sua aparente agitação,

Aliada a um constante flerte com a raiva,

Pode nos deixar insensíveis para a realidade,

Tornando-nos rapidamente juízes implacáveis,

De tudo o que se possa imaginar:

Especialmente do que é fútil e tolo.

Acredito que o hábito de julgar,

Deriva de algo que nós não conseguimos curar…

Algo que nos machuca a tal ponto,

Que precisamos fazer com que o outro,

Também sinta dor – a nossa ou outra qualquer.

Eu acredito,

Que é possível estar em paz com a nossa dor,

Ressignificar acontecimentos…

E deixar o instinto condenatório do julgamento,

Para acolher a afetividade existente,

Ao perguntar com calma,

Ao sorrir com sinceridade no momento da dúvida,

E a se contagiar com uma brincadeira.

Perguntar pode despertar… conectar… aproximar…

Pode manter e edificar relacionamentos.

Qual vai ser a sua escolha?

Paz e Bem!

Por Ricardo Verçoza – Professor e escritor.

Siga o blog nas redes sociais!

Instagram: @pensebem.blog

Facebook: blog.pensebem

Twitter: @Blog_PenseBem

Um pensamento sobre “O péssimo hábito de julgar antes de perguntar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.