Chega um tempo…

Chega um tempo em que você não quer ser aprovado…deseja ser amado.

Chega um tempo em que você para de olhar…aprende a perceber.

Para de correr…aprende a caminhar.

Para de reclamar…valoriza o silenciar.

Chega um tempo em que você deixa de sonhar com o futuro…prefere se aconchegar nos braços do agora.

Chega um tempo em que você cansa das promessas e despede-se dos “quem sabe”.

Passa a flertar com o presente…e esse tempo atende pelo nome de maturidade.

Por Lígia Guerra, do livro “Amor sustentável”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.