Qual o propósito do esforço?

Fazer bem-feito para deixar a sua marca positiva na obra.

Fazer bem-feito pela satisfação interior de se sentir capaz, de saber que és reconhecido (a) por isso.

Fazer bem-feito para dar o exemplo a quem contigo estiver aprendendo.

Fazer bem-feito para inspirar outras pessoas a também buscarem o melhor, a terem excelência como meta.

Fazer bem-feito para criar uma corrente virtuosa de coisas bem realizadas.

Fazer bem-feito para ser gratificante para você, como autor da obra, e para quem também desfruta, buscando nela uma obra excelente!

Por Mario Sergio Cortella e Paulo Jebaili. Trecho do livro “Ainda dá – a força da persistência”, p. 82-83 (com adaptações).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.