Sem pressa, sem pressão…você vai dar suas voltas por cima.

Dói sentir que está ficando para trás. Dói ver as pessoas lidando com facilidade com coisas que você sente uma dificuldade absurda para superar. Dói se sentir mais fraco do que o resto do mundo. Dói acreditar que não consegue seguir em frente. Eu sei que dói.

Dói você se olhar no espelho e não enxergar nos próprios olhos qualquer resquício de esperança de dar a volta por cima.

Mas eu espero que você saiba que apesar de doer fundo e de maneira real, todas essas sensações não resumem nem dão dimensão do tamanho da sua força. Você se sente fraco (a) e acha que não está seguindo em frente, mas, se olhar para trás, vai ver que superou todos os outros dias ruins, que deu pequenas voltas por cima todos os dias antes de dormir, e acordou disposto (a) a vencer mais um dia. E você tem vencido, mesmo sem perceber.

Você tem vencido, mesmo com essa ideia insistente de que você está estagnado (a).

Você se sente empacado (a), mas não está, porque cada pessoa tem seu ritmo, e você não pode ficar se comparando a elas. Todo mundo lá fora tem uma história e seu próprio jeito de lidar com as coisas… todo mundo lá fora está enfrentando suas próprias batalhas, e você não pode julgar se é lento (a) ou rápido (a), por que só cada um sabe dizer o quão devastadora e intensa é a dor que sente.

Seu ritmo é seu ritmo, nem rápido nem devagar… apenas seu ritmo. O seu relógio interno segue um fuso totalmente diferente de qualquer outra pessoa. Não se compare, por favor… não se compare!

A superação está ocorrendo, você percebendo ou não.

A superação está ocorrendo, todos os dias, nos detalhes, nas coisas que parecem pequenas, mas são verdadeiras vitórias. Qualquer passo em frente é progresso, 1% ou 20%… não importa, é progresso.

Você não é fraco (a). Você não está ficando para trás… você não é menor do que ninguém. Você está lidando com suas coisas, com sua bagunça, seu caos, seus dilemas, e isso não precisa seguir o ritmo de ninguém.

Seu tempo é seu tempo. Não tenha pressa e observe mais atentamente as vitórias escondidas na rotina.

Por Victor Fernandes – do livro “Pra você que teve um dia ruim”

(pequenas adaptações)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.