Beijo surpresa!

Intenções guardadas,

Desejo inquieto,

Imaginação ativa e pulsante,

Quando não se tem certeza,

Sobre quais são as possibilidades:

Será a paixão ou a safadeza,

A me deixar assim… com expectativa?

Seja fato real ou imaginário,

A questão é que um encontro foi marcado,

Numa mistura de esperança e curiosidade,

Por algo além do extraordinário:

Será de calma ou de voracidade,

Que me guiará neste momento?

É uma situação de vulnerabilidade,

Não saber o que esperar,

Disfarçando com cordialidade,

O que há um tempo estou a imaginar:

Será a inocência ou a promiscuidade,

Que me estimula e vem perturbar?

Entre pessoas indo e vindo,

Sol forte do meio da tarde,

Ambos caminham com sorrisos desconfiados,

Emoções aflorando…mas sem muito alarde:

Será que ali é apenas amizade,

Ou vai brotar algo de mais intensidade?

Antes que eu pudesse responder a qualquer pergunta,

Ou alimentasse qualquer dúvida,

Sua determinação me abraçou com um beijo,

Quente e inesperado,

Cheio de um desejo antigo,

Que na sua coragem era exagerado,

E na sua vontade era sagrado!

Ali simplesmente me entreguei,

Sentindo novamente a liberdade,

Percorrer meu corpo todo,

Pois a inocência se entrelaçava com a promiscuidade,

Naquele beijo surpresa!

Paz e bem!

Por Ricardo Verçoza – Professor e escritor.

Siga o blog nas redes sociais!

Instagram: @pensebem.blog

Facebook: blog.pensebem

Twitter: @Blog_PenseBem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.