Fábula “Viver como as flores”

Mestre, como faço para não me aborrecer?
Algumas pessoas falam demais, outras são ignorantes.
Algumas são indiferentes.
Sinto ódio das que são mentirosas.
Sofro com as que caluniam.
Pois viva como as flores, advertiu o mestre.
Como é viver como as flores?
Perguntou o discípulo.
Repare nestas flores, continuou o mestre, apontando lírios que cresciam no jardim.
Elas nascem no esterco, entretanto, são puras e perfumadas.
Extraem do adubo malcheiroso tudo que lhes é útil e saudável, mas não permitem que o azedume da terra manche o frescor de suas pétalas.
É justo angustiar-se com as próprias culpas, mas não é sábio permitir que os vícios dos outros o importunem.
Os defeitos deles são deles e não seus.
Se não são seus, não há razão para aborrecimento.
Exercite, pois, a virtude de rejeitar todo mal que vem de fora.
Isso é viver como as flores.

MORAL DA HISTÓRIA:

A realidade do mundo atual está pouco a pouco tornando as relações tóxicas a pontos de nos “contagiar”. A busca contante do equilíbrio deve ser um exercício para mantermos a saúde mental.

Fonte: Livro “Metáforas terapêuticas”.

5 pensamentos sobre “Fábula “Viver como as flores”

    • É mesmo Ana! Realmente não é fácil lidar com pessoas tóxicas, especialmente se elas em ambiente que frequentemente andamos (trabalho, amigos, família…).
      Mas é necessário aprendermos a identificar esse tipo de pessoas…pelo bem da nossa saúde mental.

      Obrigado pelo comentário!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.