O mundo do cinema: jogo de influência e jornalismo investigação no filme “Conspiração e Poder”

A sociedade digital em que vivemos torna a informação que antes era difícil de encontrar, disponível – e de forma rápida e prática. Desde situações triviais de um cotidiano pessoal, até fatos mais sérios como um problema que afeta um país: tudo gera informação e, consequentemente, notícia.

Nesta perspectiva, o filme “Conspiração e poder” mostra a busca (ou pelo menos uma tentativa) de pessoas para trabalhar na linha do jornalismo investigativo, e apresentar informações relevantes. Mary Mapes (interpretada por Cate Blanchett, de “Thor – Ragnarok”, “O curioso caso de Benjamin Button” e “O aviador”), produtora do programa jornalístico “60 minutos”, da CBS, tem uma informação delicada sobre o então presidente e candidato à reeleição George W. Bush.

Segundo as informações apuradas por Mary, Bush teria usado a influência (a família Bush tem tradição política nos E.U.A) para não ter que ir para a guerra do Vietnã – já que na época estava servindo. A partir desta informação inicial Mary decide montar uma equipe para investigar mais detalhadamente. Por se tratar do presidente dos E.U.A e num período de reeleição, existiu muito jogo de influência durante a repercussão da reportagem, numa tentativa de desacreditar a reportagem e “punir” os responsáveis pela suposta fake News.

Por se tratar de um filme baseados em fatos reais, em alguns momentos você terá uma impressão meio exagerada da narrativa – fragilizando a importância daquele momento para o jornalismo e para o povo estadunidense. Mesmo assim, acredito que o filme traga boas reflexões, especialmente sobre a ideia do direito à informação. Ainda estão no elenco Robert Redford (de “Capitão América 2” e “Até o fim”), interpretando Dan Rather – apresentador do programa “60 minutos”, Dennis Quaid (de “Quatro vidas de um cachorro”, “O dia depois de amanhã” e “Desafio do destino”) interpretando Coronel Roger, e Topher Grace (de “Superação – o milagre da fé” e “Homem-aranha 3”) interpretando Mike Smith – um dos membros da equipe de Mary. O filme está disponível na Netflix e também no Youtube (gratuitamente).

TRAILER:

Filme: Conspiração e poder.

Direção: James Vanderbilt.

Duração: 2h e 5mim.

Ano: 2015.

Paz e bem.

Por Ricardo Verçoza – Professor e escritor.

Siga o blog nas redes sociais!

Instagram: @pensebem.blog

Facebook: blog.pensebem

Twitter: @Blog_PenseBem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.