Quando a rotina tem seu valor!

Quando tudo está bem os momentos passam diante dos nossos olhos e não prestamos atenção. Automatizamos o nosso olhar, a maneira como conversamos… esquecemos de ouvir quem importa e deixamos de fazer gestos de afeto.

Quando tudo está bem às vezes esquecemos o valor da gratidão. Acordar bem após uma noite de sono não basta… ter uma casa para morar e servir de abrigo em dias de chuva é pouco… ir trabalhar, poder comprar o alimento e colocá-lo na mesa é insuficiente.

Quando tudo está bem não reconhecemos como as pequenas coisas são importantes. Arrumar o cabelo ou fazer a barba é banal… abraçar quem se ama ou sentir prazer ao tomar um banho após um dia de trabalho não traz mais alegria… fazer compras ou observar a liberdade dos pássaros já não tem mais sentido.

E eis um dia que estamos mal. Os movimentos ficam limitados. A liberdade é demarcada. A rotina foi interrompida… talvez esteja até ameaçada. Pois ela, a rotina, a quem tanto xingamos e comentamos absurdos, faz a essência da nossa vida – quer você queira entender isso ou não.

Mesmo o ser humano mais inquieto tem elementos de uma rotina – seja ela metódica ou simplista. Às vezes custamos entender que temos uma rotina, e a aceitar que ela faz parte da nossa vida. Mas eu posso te dizer com toda tranquilidade do mundo: você também tem uma rotina.

Isso não te faz mais fraco (a) ou necessariamente localizado (a) numa zona de conforto… tampouco é uma afirmação de que sua vida está automatizada. Admitir uma rotina é perceber como é gostoso fazer habitualmente certas coisas, como lavar o cabelo, passar manteiga num pão ou girar duas vezes a chave na tranca da porta… passear tranquilamente na praia, beber sem pressa uma cerveja ou brincar com seu filho (a). São tantas coisas e são tantas pessoas que, do jeito que o mundo está, só damos valor quando estamos mal.

Lamente menos. Resmungue menos. Reclame menos.

Estar bem para aproveitar a vida é condição extraordinária que todo ser humano tem a seu dispor. Não perca seu tempo!

Paz e bem.

Por Ricardo Verçoza – Professor e Escritor.    

Siga o blog nas redes sociais!

Instagram: @pensebem.blog

Facebook: blog.pensebem

Twitter: @Blog_PenseBem

2 pensamentos sobre “Quando a rotina tem seu valor!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.