O mundo das palavras: comportamento e sustentabilidade no livro “O que é meu é seu – como o consumo colaborativo vai mudar o seu (o nosso) mundo”.

“A convergência de redes sociais, uma crença renovada na importância da comunidade, preocupações ambientais urgentes e a consciência de custos estão nos afastando das formas antigas, desequilibradas, centralizadas e controladas de consumismo, e nos aproximando de meios de compartilhamento, agregação, abertura e cooperação.

O planeta é um só… e precisamos cuidar dele por que é a nossa grande casa. Escrevo isso e não de trata de mera demagogia, mas de uma realidade cada vez mais crescente. Nosso atual comportamento em relação a aspectos como consumo, preservação das riquezas naturais e reutilização de produtos/peças está nos conduzindo para um gradativo estágio de extinção da vida humana.

E não é exagero. O ser humano está rapidamente devastando o planeta com seu modo de vida e precisa urgentemente rever o seu modo de viver. A boa notícia é que pouco a pouco estamos revendo nosso modus operandi e uma EXCELENTE provocação para nos ajudar a pensar melhor está no livro “O que é meu é seu – como o consumo colaborativo vai mudar o seu (o nosso mundo)”, de Rachel Botsman e Roo Rogers.

“A necessidade econômica tornou as pessoas mais abertas a novas formas de ter acesso às coisas de que elas precisam e de como consegui-las.”

A abordagem dada ao livro por Rachel e Roo torna a leitura bem didática devido ao grande número de exemplos. O livro é dividido em três partes: 1 – Contexto, onde o leitor fica situado (a) sobre o comportamento predatório do ser humano e uma transformação do pensamento focado no “eu” para aquele focado no “nós”; 2 – Onda, onde é apresentado a profundidade das transformações no comportamento das pessoas; e 3 – Implicações, trazendo para o leitor as influências do design, a percepção de comunidade e a evolução do consumo colaborativo.

“As comunidades ajudam as pessoas a se tornar mais do que elas são como indivíduos”.

Os recursos naturais vão acabar, acumular coisas desnecessárias e tendemos a descartar coisas em perfeito estado são motivos para rever nossos hábitos de consumo. Precisamos despertar o sentimento de comunidade para que cada ser humano tenha consciência da sua responsabilidade não só consigo mesmo, mas também com os demais. O livro me fez questionar vários comportamentos que eu tenho.

Por exemplo, tenho aqui em casa uma “biblioteca” particular. Obviamente, não leio todos os livros ao mesmo tenho, e assim tenho vários livros ociosos. O que fazer com esses livros? Eu ainda não sei… mas começo a refletir como os meus livros podem se tornar livros de outras pessoas também. A maneira como lidamos com a natureza e como descartamos nosso lixo… a compreensão de que podemos adquirir produtos/serviços sustentáveis e limpos… a valorização de empresas conscientes de seus impactos: tudo converge para o uso da inteligência em favor da preservação do ser humano. O livro reúne ideias e provocações que podem nos inspirar a fazer o melhor e a também sermos melhores. E ai…vamos pensar de forma mais crítica? Compartilha comigo o que você achou do livro.

“[…] a comunidade está no DNA das marcas do consumo colaborativo, tanto é que os usuários não são chamados de consumidores, mas são recebidos como membros”.

LIVRO: “O que é meu é seu – como o consumo colaborativo vai mudar o seu (o nosso mundo)”.

AUTORES: Rachel Botsman e Roo Rogers.

EDITORA: Bookman.

ANO: 2011.

Paz e bem.

Por Ricardo Verçoza – Professor e escritor.

Siga o blog nas redes sociais!

Instagram: @pensebem.blog

Facebook: blog.pensebem

Twitter: @Blog_PenseBem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.