Você já percebeu que a educação pode ser libertadora?

A educação é o ponto de transformação do ser humano.

A medida que mais saber é adquirido, entendido e analisado, provoca a abertura da mente: a gente deixa de ver o mundo pelo buraco da fechadura, e tem a sensibilidade e maturidade para vê-lo com a porta aberta… podendo, assim, atravessá-la!

É um despertar!

Nem nós somos os mesmos…nem o mundo (o meu e o dos outros) é o mesmo.

Seja familiar ou escolar,

Pela comunidade ou pela universidade,

A educação faz nossa imaginação decolar,

Para assim compreender a diversidade,

No pleno exercício de criticidade,

Evitando quem tenta nos controlar!

A inspiração para compreender o que antes era limitado e a coragem para questionar e confrontar vem do valor dado a educação.

Ampliamos a nossa capacidade de conexão e enxergamos o mundo não como imaginamos, mas como ele é: plural.

Mas nem por isso iremos nos entregar ao pessimismo e ao fatalismo por não ter o mundo com o nosso jeito, ou pensando aquilo que também pensamos, até porque diferentes pontos de vista contribuem para construir saberes e desconstruir preconceitos.

Se a educação pode ser libertadora,

Impulsionando para uma atitude desbravadora,

Comece a se perguntar,

E por consciência própria se questionar,

Por que querem limitar o seu acesso,

Alienar o povo adiando seu progresso,

Quando na constituição é um direito expresso?!

Paz e bem.

Por Ricardo Verçoza – Professor e escritor.

Siga o blog nas redes sociais!

Instagram: @pensebem.blog

Facebook: blog.pensebem

Twitter: @Blog_PenseBem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.