Entendimento

Vez ou outra, a pessoa diz: “Eu li, mas não consegui entender tudo”. Claro, nenhuma pessoa tem a capacidade de entender todas as coisas que estão num contexto, num material, num livro, e isso não é sinal de ignorância. Admitir que não entendeu tudo é um sinal de sapiência. Afinal, cada texto e cada livro contém uma série de códigos, de referências internas, tem um repertório de ideias, que não está ao alcance de qualquer pessoa ou seu total domínio.

Nesse sentido, ler e não entender por completo nem sempre é ignorância. Em muitos momentos, é sinal de sabedoria, porque exige voltar àquilo. Há uma longa citação de um moralista parisiense, Jean de La Bruyère, que viveu no século XVII, no qual diz:

“Os tolos leem um livro e não o entendem. Os espíritos medíocres creem entendê-lo perfeitamente. Os grandes espíritos às vezes não o entendem inteirinho. Eles acham obscuro o que é obscuro como acham claro o que é claro. Os espíritos afetados querem achar obscuro o que não é e não entender o que é muito inteligível”.

Por isso, nada de arrogância, mas também nada de imaginar que não se é capaz de, em alguns momentos, de entender algo por completo.

Por Mario Sergio Cortella – Do livro “Pensar bem nos faz bem – 1 filosofia, religião, ciência e educação”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.