O mundo do cinema: esclerose múltipla, família e superação no filme “100 metros”

Um começo morno… uma história envolvente… um final inspirador!

Mas um filme pode reunir este conjunto de sentimentos aparentemente contraditório? Só assistindo mesmo, e mesmo que você fique tentado a não vê-lo, persista e veja.

Este é um pouco do retrato do filme “100 metros”, disponível na Netflix e com direção do espanhol Marcel Barrena. O começo é realmente morno, com atores numa briga confusa e atuações pouco convincentes e envolventes – eu quase desisti por isso. Mas a narrativa acaba se mostrando atrativa. O filme conta a história de Ramón (interpretado por Dani Rovira) que foi diagnosticado com esclerose múltipla com 35 anos e nas vésperas de ser pai pela segunda vez.

Como você deve imaginar, o impacto da notícia foi grande para todos. Ramón, por influência também de Inma (interpretada por Alexandra Jiménez), sua mulher, decide não se entregar a doença, e faz isso de duas maneiras: participando de um “grupo de desabado” – onde ele também experimenta um novo tratamento, e treinando para uma prova chamada “Iron Man”.

O “grupo de desabafo” torna-se uma forma de compartilhamento de sentimentos sobre a doença, e é possível você ter bons momentos do filme nestas partes pois há uma mistura de esperança e conformidade sobre a situação de cada um ali. A participação de Ramón na prova “Iron Man” é considerada, por sua mulher, uma loucura. Contudo, ela aceita que o marido participe da prova, desde que seu pai – Manolo (interpretado por Karra Elejalde)-, um ciclista aposentado, o treine. Ramón e Manolo não tem um bom relacionamento, e isso rende ao filme diálogos sinceros, agressivos, mas também engraçados!

O filme é sobre o impacto de uma doença na vida de uma pessoa… sobre como podemos contar com a família nas situações de dificuldade… sobre como o outro, estando tão próximo de nós, pode passar por problemas que nem imaginamos… e mais do que isso: é sobre como é possível ir além dos próprios limites. Se você assistir até o final (surpresa… talvez nem tanto assim), compartilha comigo a sua impressão, ok?!

Trailer:

Filme: 100 metros.

Direção: Marcel Barrena.

Duração: 1h e 48minutos.

Ano: 2016.

Paz e bem.

Por Ricardo Verçoza – Professor e Escritor >> @CapitaoCoragem

Siga os blog nas redes sociais >>

Instagram@pensebem.blog

Facebookblog.pensebem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.