Hábitos!

Nós, do campo do estudo, da Ciência, da Epistemologia, que é a própria teoria da ciência, nos dedicamos a olhar o quanto que o hábito pode obscurecer a nossa capacidade crítica. As coisas feitas por um hábito podem ficar privadas da capacidade crítica, de reflexão, de peneirar o que serve e o que não serve…

Um dia na praia

Céu claro e sem nuvens… O mar cheio de energia, Como um grande espelho, De brilho e nostalgia. Crianças abusando da espontaneidade, Brincando… Correndo… Sorrindo com sinceridade, Com suas bolas, Boias, E seus espíritos de fraternidade. Um pai corre, Com sua filha nos braços, Buscando um mergulho, Que com água refresca… Dá vitalidade e orgulho.…

O mundo das palavras: comportamento e sustentabilidade no livro “O que é meu é seu – como o consumo colaborativo vai mudar o seu (o nosso) mundo”.

“A convergência de redes sociais, uma crença renovada na importância da comunidade, preocupações ambientais urgentes e a consciência de custos estão nos afastando das formas antigas, desequilibradas, centralizadas e controladas de consumismo, e nos aproximando de meios de compartilhamento, agregação, abertura e cooperação. O planeta é um só… e precisamos cuidar dele por que é…

O que realmente importa?

Todo ser humano tem um conjunto de necessidades que são baseadas em aparências e futilidades, ou em valores que conduzem para a felicidade. A cada dia fazemos escolhas que nos direcionam para mais perto disto que formará o nosso mundo. O sol nasce para abrilhantar, Cada um em seu esplendor, Nos possibilitando experimentar, Os detalhes…