Ser feliz…

Gostaria que sempre se lembrasse de que ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções. Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros. Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a…

O mundo do cinema: identidade, desafios e empoderamento feminino no filme “A tenente de Cargil”

O avanço na transformação do mundo trouxe inúmeros benefícios, como melhores cuidados médicos, aumento na taxa de vida das pessoas, conexão com pessoas distantes, entre outros. Contudo, ainda temos indivíduos e sociedades presos à paradigmas que engessam o potencial humano de ação e criação, entendendo que existem atividades próprias somente para homens e outras somente…

Quando tocar alguém…

Quando tocar alguém, nunca toque só com o corpo. Quer dizer, não esqueça que está tocando uma pessoa e que nesse corpo está toda memória de sua existência. E, mais profundamente ainda, quando tocar um corpo, lembre-se de que está tocando um Sopro, que este Sopro é o sopro de uma pessoa com seus entraves…

Fábula “O rio e o oceano”.

Diz-se que, mesmo antes de um rio cair no oceano, ele treme de medo. Olha para trás, para toda a jornada, os cumes, as montanhas, o longo caminho sinuoso através das florestas, através dos povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto que entrar nele nada mais é do que desaparecer para sempre.…

Presença amorosa.

Uma presença amorosa faz com que você se sinta amado (a). Ela te reconhece e te vê, ajudando a ver e valorizar a tua própria beleza. O amor dela te leva a amar a sim mesmo (a). O amor desta presença é livre e não permite que haja dependência. Há presenças cujo brilho apaga o…

Partida sem despedida.

Talvez pelo medo… Ou pelo temor de uma grande comoção, A partida se despedida, Seja melhor para o coração. Não tem choro nem desespero, Não tem todo aquele louco sofrimento, De abraçar pela última vez, E de trocar olhares embaçados pelas lágrimas. Talvez pela revolta do fim… Ou pela sua chegada inesperada, A partida sem…

Lembre-se do mais importante.

O cronista francês Jean de La Bruyêre, observando a vida das pessoas em seu cotidiano, afirmou o seguinte: “só existem três acontecimentos para o ser humano: nascer, viver e morrer. Ele não sente o nascer, sofre ao morrer e se esquece de viver”. Há nessa afirmação uma verdade inquietante: esquecemos de viver! Pelo fato de…